Astronomia Amadora

Página Inicial
Introdução
História
Notícias
Big Bang
Via Lactea
Cosmologia
Galáxia
Buraco Negro
Sistema Solar
Estrela
Constelações
Classificação estelar
Catálogo Messier
Astrônomos
Estrelas + brilhantes
Imagens
Instrumentos
Curiosidades
Programas
Glossário
Links
Livro de Visitas
E-mail

Cientistas afirmam que planeta habitável será descoberto em breve

 

O que pode ser a grande descoberta do século está prestes a acontecer. Astrônomos estimam encontrar o primeiro planeta semelhante à Terra, capaz de ser habitável, dentro de quatro a cinco anos. A grande descoberta poderá determinar se estamos ou não sozinhos no Universo.

Alguns cientistas da agência espacial americana dizem que a confirmação de um planeta com o tamanho aproximado da Terra poderá ser anunciada ainda este ano, caso telescópios espaciais ajudem a confirmar tal suspeita.

O assunto gerou euforia durante a reunião anual da Associação de Astronomia dos Estados Unidos. O novo telescópio espacial Kepler, da NASA, e diversas novas pesquisas estão centrados no mesmo objetivo de responder a pergunta: estamos sós?

Planeta habitável

“Pela primeira vez, há otimismo de que em algum ponto em nosso tempo de vida vamos chegar à resposta para isso", afirmou Simon Worden, astrônomo e chefe do Centro de Pesquisa Espacial Ames, da NASA. "Eu apostaria que não estamos sós, que há um monte de vida”, complementou Worden.

Worden dirige o centro que controla o telescópio Kepler, especializado literalmente em caçar planetas. O telescópio possui um fotômetro capaz de medir o brilho de mais de 100 mil estrelas simultaneamente. Qualquer sinal de perda de brilho pode significar um planeta passando diante da estrela.

Mas é claro, que a realidade é muito mais complexa. Qualquer planeta descoberto certamente será rochoso e não gasoso. Além disso, sua localização terá de ser peculiar. Planetas muito próximos de uma estrela seriam quentes demais e os muito distantes, extremamente frios.

O número de descobertas dos chamados exoplanetas, ou planetas fora do nosso Sistema Solar, vem subindo surpreendentemente. Nos últimos 10 anos, foram um ou dois planetas por mês. Só neste ano, a tecnologia do telescópio Kepler já ajudou na descoberta de mais 400 exoplanetas, mas nenhum deles com características habitáveis.

Os especialistas estão apostando nas imensas possibilidades. "Do Kepler, temos fortes indicações de planetas menores em grande quantidade, mas elas não foram verificadas ainda", disse Geoff Marcy, da Universidade da Califórnia em Berkeley.

Os exoplanetas descobertos por Kepler estão a milhares de anos-luz para que se possa viajar até eles. Se houver um planeta como a Terra na área de busca do Kepler, ainda poderão ser necessários três anos para sua confirmação.


Arte: Concepção artística mostra feita por especialistas da NASA com ajuda de computação gráfica mostra como seria a aparência de um hipotético planeta habitável. Crédito: NASA.

Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com/spacenews.php?posic=dat_20100113-181507.inc

Comentários:


Política de privacidade  |  Mapa do Site