Astronomia Amadora

Página Inicial
Introdução
História
Notícias
Big Bang
Via Lactea
Cosmologia
Galáxia
Buraco Negro
Sistema Solar
Estrela
Constelações
Classificação estelar
Catálogo Messier
Astrônomos
Estrelas + brilhantes
Imagens
Instrumentos
Curiosidades
Programas
Glossário
Links
Livro de Visitas
E-mail

Plutão é ou não o maior planeta anão?

 

Planeta anão PlutãoPlaneta anão Éris

O rebaixamento controverso de Plutão do status de planeta ocorreu em 2006, após a descoberta de corpos de tamanho comparável a ele – chamados de Haumea, Makemake e Éris. Em particular, Éris era tido com o diâmetro maior que o de Plutão, levantando a questão sobre o que distingue um planeta de corpos menores. A União Astronômica Internacional decidiu por uma nova definição de planetas, o enxugamento do registro do Sistema Solar para oito planetas, relegando Plutão ao grupo de planetas anões.

Éris está bastante distante, orbitando muito mais longe do Sol do que Plutão e é difícil obter uma boa observação de um corpo relativamente pequeno a uma distância tão grande. Embora as leituras iniciais térmicas de Éris indiquem cerca de 3 mil km de diâmetro, mais tarde as observações por infravermelho feitas com o Telescópio Espacial "Spitzer" indicaram um diâmetro de cerca de 2,6 mil km, enquanto as medições do Telescópio Espacial "Hubble" apontaram para um diâmetro de 2,4 mil km. Plutão, em comparação, tem cerca de 2,3 mil km de diâmetro.

Na noite de 5 de novembro de 2010, quando Éris cruzou através de sua órbita, a cerca de 14 bilhões de km da Terra, passou em frente a uma estrela distante do ponto de vista da Terra, formando uma pequena sombra em nosso planeta, evento conhecido como "ocultação". Ao tempo da duração da ocultação em vários locais, os pesquisadores puderam estimar o tamanho da sombra e, consequentemente, o tamanho do objeto.

Segundo a Sky & Telescope, três equipes testemunharam a ocultação em locais diferentes nas Cordilheiras dos Andes no Chile. Com base nessas medições, o astrônomo Bruno Sicardy do Observatório de Paris informou que o diâmetro de Éris é "quase certamente" menor do que 2.340 km.

Mike Brown, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, um dos codescobridores de Éris, que participa da controvérsia de Plutão, observou em seu site que os resultados, embora preliminares, são tentadores: Plutão e Eris têm aproximadamente o mesmo diâmetro, mas como Éris é substancialmente mais massivo, sua composição deve ser fundamentalmente diferente. "Como poderia Éris e Plutão serem tão similares no tamanho e a composição exterior ainda ser totalmente desigual?", Brown indagou. "Até hoje não faço absolutamente nenhuma ideia."

(Fonte: por John Matson - SCIAM Brasil)

Comentários:


Política de privacidade  |  Mapa do Site