Astronomia Amadora

Página Inicial
Introdução
História
Notícias
Big Bang
Via Lactea
Cosmologia
Galáxia
Buraco Negro
Sistema Solar
Estrela
Constelações
Classificação estelar
Catálogo Messier
Astrônomos
Estrelas + brilhantes
Imagens
Instrumentos
Curiosidades
Programas
Glossário
Links
Livro de Visitas
E-mail

Vocabulário Astronômico - Letra "F"

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

- Fácula

Grande mancha ou raia de material luminoso que se observa nas imediações de uma  mancha solar.

- Fase

Parte de um objeto brilhante  que pode ser observada da Terra. Somente os corpos celestes entre o Sol e o observador mostram um ciclo de fases completo.

- Fases da lua

À medida que a Lua gira em torno da Terra, a aparência da Lua parece mudar. Isto ocorre porque diferentes quantidades da parte iluminada da Lua estão com a frente para nós. A aparência varia de uma Lua Cheia, quando a Terra está entre o Sol e a Lua, até uma Lua Nova, quando a Lua está entre o Sol e a Terra.

- Filamentos

Fios de gás frio suspensos sobre a fotosfera por campos magnéticos, e que parecem ser escuros quando vistos contra o disco solar

- Fissão nuclear

Em 1939 os físicos alemães Otto Hahn e F. Strassemann descobriram que quando o urânio é irradiado com neutrons ocorre a produção de outros elementos. Lise Meitner e Otto R. Frisch sugeriram que o núcleo do urânio, ao absorver um neutron, se torna suficientemente excitado para se dividir em dois fragmentos de massas aproximadamente iguais. Se um núcleo pesado é dividido em dois fragmentos, a energia de ligação por partícula, aumentada, será liberada na forma de energia cinética dos fragmentos e na forma de vários outros tipos de radiação. Dois ou três neutrons são sempre liberados no processo de fissão e se a quantidade de urânio é suficientemente grande ocorre uma reação em cadeia. Este é o processo de fissão nuclear que ocorre com os elementos pesados. Os reatores nucleares operam segundo o processo de fissão nuclear mas o processo de liberação de energia é moderado pelo uso de elementos, tais como a água, água pesada (D2O) e carbono, que servem como desaceleradores dos neutrons emitidos pelo processo. Desta forma a reação em cadeia é controlada. Os reatores que usam urânio natural como combustível tem moderadores de grafite (carbono) e água pesada. Aqueles que usam o urânio enriquecido, em geral, usam água ordinária como moderador. É importante não confundir a fissão nuclear com a fusão nuclear, dois processos nucleares completamente diferentes.

- Flare

Uma súbita e violenta erupção de gás, com grande emissão de energia, que ocorre na superfície das estrelas. Os flares são muito visíveis sobre o disco solar formando os chamados flares solares. Estas violentas erupções de gás, que ocorrem freüentemente na superfície do Sol, podem durar de minutos a horas, com a conseqüente emissão de enormes quantidades de radiação e partículas de altas energias. No entanto, o fenômeno "flare" não é exclusividade do Sol. Existe uma classe especial de estrelas, as chamadas estrelas "flare" que também apresentam estas erupções sobre a sua superfície.

- Fobos

Fobos Fobos (MI) é um satélite de Marte descoberto em 1877 por A. Hall (Estados Unidos). Seu nome significa "medo" e ele é o maior dos dois pequeninos satélites de Marte. Fobos tem apenas 22,2 km de diâmetro e uma massa de 1,08 x 1016 kg. Sua órbita está a uma distância média de 9000 km de Marte. Seu aspecto mais importante é uma grande cratera, chamada cratera Stickney, o nome de solteira da esposa de Hall, com 10 km de largura. Pode ser que Fobos seja um asteroide capturado.

- Focalizador

É uma peça mecânica que movimenta parte do conjunto óptico, geralmente a ocular, de um telescópio para ajustar o foco da imagem com diferentes oculares. Existem focalizadores de vários tipos mas o princípio de funcionamento é sempre o mesmo.

- Foguete

Máquina que fornece uma rápida aceleração para propulsionar pessoas e/ou equipamentos, geralmente para o espaço exterior. Gases quentes saem de um bocal fornecem a força de impulsão.

- Fotometria

Técnica utilizada para determinar a intensidade do brilho de um corpo celeste.

- Fótons

letra gama-símbolo_do_fóton São os quantum de energia eletromagnética. Isto quer dizer que o fóton é a menor unidade que forma a energia (ou radiação) eletromagnética. Os fótons são partículas com massa zero e sem carga elétrica. É importante notar que o fóton não está associado apenas à região do visível do espectro eletromagnético, ou seja, à nossa luz diária. Os raios gama são fótons de altíssima energia, não pertencentes à região do visível e, ainda assim, são fótons!

- Fotosfera

Superfície gasosa do Sol e de outras estrelas. A fotosfera do Sol é composta por uma camada de 300km de gás denso a uma temperatura de 5800K. Grânulos visíveis na fotosfera mostram o processo de convecção que trazem os gases quentes e a energia para a superfície.

- Frank Borman

Comandante da missão Apolo 8, que orbitou a lua 10 vezes entre os dias 24 e 25 de dezembro de 1968.

- Friederich Wilhelm Bessel

Primeira pessoa a medir a distância entre a Terra e as estrelas. Ele calculou a posição de mais de 50.000 estrelas. Em 1838, determinou a distância até a estrela 61 Cygni, e seu cálculo de 10,3 anos-luz é muito próximo à distância considerada atualmente de 11,3 anos-luz. Em 1844, Bessel analisou o movimento das estrelas Sirius e Procyon e chegou à conclusão de que elas possuíam companheiras invisíveis. Os cálculos atuais mostram que Bessel estava correto: existem anãs brancas próximas a estas duas estrelas. O método utilizado por ele para análise do movimento das estrelas para determinar se elas possuem companheiras invisíveis é utilizado até hoje.

- Fusão nuclear

É um processo de reação nuclear por meio do qual vários núcleos atômicos pequenos de um determinado elemento são combinados para formar um núcleo maior de um outro elemento. A massa deste novo núcleo é ligeiramente menor do que a soma das massas pequenas, isoladas, dos núcleos originais. Esta diferença na massa é convertida em energia segundo a famosa equivalência de Einstein, dada pela expressão E = m c2, que se lê: energia é igual à massa vezes a velocidade da luz elevada ao quadrado. Este tipo de reação nuclear é, portanto, realizada com a liberação de grandes quantidades de energia. Esta é a fonte de energia do Sol e, por conseguinte, no fim das contas de quase toda a energia sobre a Terra. O que é mais notável sobre a fusão termonuclear é o fato dela ocorrer a temperaturas surpreendentemente baixas. As reações nucleares que ocorrem no interior das estrelas, processos de fusão nuclear, são as responsáveis pela sua estabilidade e por sua liberação de energia.

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Política de privacidade  |  Mapa do Site